talita-morettoJornalista atuante em Educação. Pós-Graduada em Tecnologias na Aprendizagem, coordenadora de Programa Jornal e Educação (Projeto Vamos Ler / Jornal da Manhã), professora de Mídias Digitais, colunista para o Portal Adital Jovem – Notícias da América Latina e Caribe, pesquisadora e especialista na aplicação de mídia e novas tecnologias na educação. É autora do blog Sala Aberta (salaaberta.com).


 

 Entrevista concedida a Débora Sebriam em 08/2012

Projeto REA: Quando e como descobriu REA?

Talita Moretto: Descobri o site do REA em 2010, se não me engano, e achei muito interessante a iniciativa. No momento, até escrevi sobre e publiquei no jornal em que trabalho (escrevo uma página sobre educação) e em meu blog. Mais tarde, em fevereiro deste ano, participei de uma oficina de REA na EducaParty, durante o Campus Party 2012, o que me esclareceu mais sobre o assunto.

Projeto REA: Que experiências/projetos/ideias desenvolve?

Talita Moretto: Estou lecionando em um curso de MBA em Marketing Digital (pelo Instituto Doll – Tecnologia e Educação, em Ponta Grossa-PR), responsável pela disciplina de Mídias Digitais. Na disciplina eu abordo conceitos de mídias digitais, mídias sociais e redes sociais (o que acontece e impulsiona os usuários, hoje, nessas mídias), os canais de uso, legalidade, planejamento e mensuração (monitoramento, métricas). Diante disso, saber o que está fazendo na rede é essencial para o sucesso, independente do foco. Saber como utilizar os conteúdos é imprescindível antes de começar a publicar.

Projeto REA: Por que acha importante falar de REA e licenças abertas nas aulas de Mídias Digitais?

Talita Moretto: É importante abordar a legalidade quanto ao que fazemos dentro dessas mídias. Ainda é pouco falado e considerado o direito digital e as pessoas se confundem sobre o que é “compartilhar”e o que é “se apropriar” de conteúdo de terceiros. Então, ao explicar sobre as leis que fiscalizam o mundo virtual falei sobre o Creative Commons e, consequentemente, sobre o REA. Nenhum aluno conhecia. Mostrei como funcionava o CC e, inclusive, levei materiais licenciados para eles perceberem que realmente existe. Afinal, já que vamos usar outros conteúdos que não os nossos, por que não utilizar dentro da lei? Vamos fazer isso corretamente. O REA é o caminho para melhorar a educação de todos quanto à ética de uso e o bom senso, além de saber que é um material de qualidade diante de tantas coisas que encontramos sem curadoria na rede.

Projeto REA: Qual a receptividade dos alunos em relação ao tema?

Talita Moretto: Percebi que se interessaram bastante porque falei sobre isso na primeira aula e, ao remeter ao assunto na segunda, a maioria já tinha gravado e percebia quando eu usava imagens licenciadas. Eu semeei um pouquinho do CC entre eles, com certeza.

Projeto REA: O que diria para educadores que desejam começar a trabalhar por e com REA?

Talita Moretto: Acredito que é o primeiro para lidar com a insegurança que a web traz. Os jovens de hoje, que já nascem e são educados com as mídias digitais, devem aprender a usá-las de forma consciente porque eles serão os responsáveis pela criação de tantas mídias que estão por vir. O mundo da informação será cada vez mais digital, sobre isso não temos dúvida, então as pessoas precisam ser educadas à boa convivência no mundo virtual, e começa-se respeitando o próximo e suas produções.

1 Comment
  1. Oi gostaria de saber como faço para entrar em contato com a Talita Moretto, ela tem algum site ou blog?
    Obrigado aguardo retorno

Comente

Seu email não será publicado. Os campos requeridos estão marcados com *

limparEnviar