O Jorge Sallum, da Hedra, enviou, hoje, um material interessante para a lista REA-Br! Um texto analisando alguns modelos que tentam gerar sustentabilidade a projetos de Recursos Educacionais Abertos chamado Open Educational Practices.

O texto pode ser baixado via Slideshare aqui. Abaixo faço a tradução livre do primeiro parágrafo:

Como descrito anteriormente, OEP (Praticas de Recursos Educacionais Abertos) é definido como o conjunto de práticas em torno da criação, utilização e gestão do REA. Este inclui as ferramentas que são usadas para apoiar este processo, o  próprios recursos e as praticas de implementação. OEP abrange o espectro da política, a pesquisa e a prática em torno de REA e abrange quase todas as partes envolvidas no apoio e na gestão da aprendizagem nos sistemas educativos. Por meio da análise dos estudos de caso de REA, temos como objetivo obter uma melhor compreensão do tipo e alcance dos REA existentes ate o presente. Apresentamos os projetos e o que funcionou e o que não. Cada caso estudo foi concluído de acordo com um modelo pré-definido. A análise dos estudos de caso levam à geração de um conjunto de “Dimensões” ou temas com o qual formamos um  quadro comum para a comparação e contraste entre os caso estudos. As seguintes oito dimensões OEP foram identificadas:
* Estratégias e políticas
* Modelos QA
* Modelos de parceria
* Ferramentas e práticas ferramenta
* Inovações
* Desenvolvimento de competências e apoio
* Modelos de negócios / estratégias de sustentabilidade
* Obstáculos e fatores de sucesso

1 Comment
  1. lucio renato cunha

    bom

Comente

Seu email não será publicado. Os campos requeridos estão marcados com *

limparEnviar